Demonstre o seu compromisso

A International Organization for Standardization (ISO) publicou a norma ISO 37001:2016 com o principal objetivo de apoiar as organizações a combater o suborno, por meio de uma cultura de integridade, transparência e conformidade com as leis e regulamentações aplicáveis, através dos seus requisitos, políticas, procedimentos e controles adequados para lidar com os riscos de suborno.

A norma fornece requisitos específicos para um sistema de antissuborno, que satisfaçam os clientes – bem como os requisitos legais e outros requisitos.  A avaliação e a certificação independentes do seu sistema de gestão de antissuborno demonstram claramente ao mercado que a sua organização trabalha seriamente na implementação de um sistema eficaz.

(1) Ela auxilia uma organização na impletação de um sistema de gestão anti-suborno , ou reenforça os controles existentes ;
(2) ajuda a fornecer à gestão e proprietários de uma organização e os seus financiadores, clientes e outros parceiros de negócios, uma garantia que a organização implementou boas práticas internacionalmente reconhecidas para controles anti-suborno ;
(3) em caso de uma investigação, isto ajuda a fornecer evidências para os promotores ou tribunais que a organização tinha tomado medidas razoáveis para prevenir a corrupção.

Processo de Certificação

Pre-Audit

O pre-audit deve ser realizado para preparar a auditoria de certificação real. O pre-audit pode ser conduzida nas instalações da organização a ser certificada ou com base em documentação arquivada pela organização.

A auditoria estágio 1 deve ser realizada para: a) auditar documentação do sistema de gestão do cliente; b) avaliar as condições de localização e site-specific do cliente e realizar entrevistas com o pessoal do cliente para determinar o grau de preparação para a auditoria fase 2; c) revisar o status e compreensão do cliente em relação aos requisitos da norma; d) recolher as informações necessárias sobre o escopo do sistema de gestão, processos e localização (s) do cliente; e) rever a alocação de recursos para o estágio 2 da auditoria e acordar com o cliente sobre os detalhes do estágio 2 da auditoria; f) avaliar o nível de implementação do sistema de gestão e confirmar que o cliente está pronto para a Fase 2 da auditoria. A Fase 1 da auditoria será documentada e comunicado ao cliente, incluindo a identificação de eventuais áreas de preocupação que poderiam ser classificadas como não-conformidade durante a Fase 2 da auditoria

Step 2

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Sit, labore iste! Pariatur tempore, dicta voluptatibus quis blanditiis voluptates in. Molestiae asperiores sed, pariatur nesciunt saepe. Culpa ipsam ut enim reiciendis!

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Sit, labore iste! Pariatur tempore, dicta voluptatibus quis blanditiis voluptates in. Molestiae asperiores sed, pariatur nesciunt saepe. Culpa ipsam ut enim reiciendis!

Step 3

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Sit, labore iste! Pariatur tempore, dicta voluptatibus quis blanditiis voluptates in. Molestiae asperiores sed, pariatur nesciunt saepe. Culpa ipsam ut enim reiciendis!

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Sit, labore iste! Pariatur tempore, dicta voluptatibus quis blanditiis voluptates in. Molestiae asperiores sed, pariatur nesciunt saepe. Culpa ipsam ut enim reiciendis!

Comitê de Avaliação

Para garantir uma decisão sobre certificação independente criamos seguinte comitê que avalia todas as auditorias e decide se uma certificação será emitido.

Dr. Christian de Lamboy

Diretor Instituto ARC

Rogério Campos Meira

Diretor ATSG

Auditorias Credenciadas

Instituto ARC somente avalia relatórios de auditores credenciados e certificados.

Instituto ARC

Adilson Rodrigues

Think Tank nas áreas de auditoria, gestão de risco e compliance.

Foco Rural

Henrique Fernando Schwanke

Consultoria e assessoria especializada no desenvolvimento setorial para o agronegócio.